Decifro-me em poesia

27/04/2016 16:20
         Com um pedaço de pizza na mão direita, os olhos que brilhavam e um sorriso tranquilo no canto da boca, tu me destes parabéns. Aquele momento poderia ser somente mais um no meio de tantos outros que eu vivia naquela cidade grande, fria e desconhecida,...
05/06/2012 01:20
Quando olho os dois assim, de longe, penso que nunca imaginaria que um dia já foram um do outro. Sem olhares, cumprimentos, sem toques, eu cheguei a cogitar que ambos se odiavam agora, mas não, simplesmente se ignoram e se evitam. Aquela era, aparentemente, a forma mais fácil de exterminar com os...
01/02/2012 16:06
  Hoje senti uma saudade enorme de ti, pequeno menino que voa como uma brisa lançada pelo mar. Senti saudade de te ver andando, correndo, como aqueles meninos que em mês de julho buscam um papagaio que se soltou da linha e desapareceu. Calado, sem norte e sem...
21/12/2011 22:53
Corpos. Dois corpos querendo ser um. O objetivo de se fundir dominava a mente de ambos. Copos de cerveja, cigarros, mais cigarros e mais copos. A energia crescia dentro daqueles dois corpos que, perdidos ali, haveriam de se encontrar mais tarde, na calada da madrugada, entre gestos e falas...
08/11/2011 01:39
  ...E o menino procurava ser sábio, usar as palavras certas, na hora certa. O momento exato, aquele que fica entre o agora e o passado. Mas tudo o que pretendia dizer, já havia sido jogado em uma folha em branco, por Caio. Uma conspiração, um complô. Como se todos os seus pensamentos se...
18/10/2011 12:53
Todos os dias eu fico a esperá-la. Quando vem, chega as quatro da tarde. De mansinho, começa a apertar os passos E logo mostra a sua imponência. És tu, chuva das quatro, que vem quase todos os dias me visitar. Banhar o corpo, com intuito de lavar a alma.  Derrama-te sobre mim com todo o teu...
09/10/2011 15:24
Hoje é sábado, dia de faxina. Quarto bagunçado, reflexo da vida que leva. Por alí, as faxinas aos sábado não ocorrem com frequência.  Não pela falta de tempo (o que também o ajuda a não fazê-la), Mas sim por medo. Mas que tipo de pessoa, além das preguiçosas, tem medo de faxina? Bem, o medo...
16/09/2011 21:25
  (SALA ESCURA. UMA MESA. DUAS CADEIRAS. DUAS PESSOAS). Bem, uma das poucas coisas que eu sei sobre esse homem é que ele gostava muito de alguém-essa foi a ultima coisa que eu o ouvi balbuciar-com quem ele se encontrava constantemente. Não, eu nunca troquei nem uma palavra com o seu...
08/09/2011 13:38
    Essa é a história de Anônimo, mais um brasileiro que como muitos, lutam por uma sobrevivência nessa selva de pedra.     Anônimo acordava todos os dias a mesma hora da manhã, seis. Seis horas da matina era quando se podia dizer que ele realmente estava acordado....
16/08/2011 19:34
Ela voltou. Quase não a reconheci. Os cabelos longos e loiros deram lugar uma pelugem negra, alisada e muito simétrica. Eu juro que, quase não a reconheci. As pequenas sapatilhas, os pés não cobriam mais. Talvez alguém as tenha furtado. Sim, somente isso explicaria o motivo, Daquela menina estar...
1 | 2 >>

.

Enquete

Você acha que o artista tem o poder de mudar o mundo com a artes que faz?

Sim (63)
Não (2)

Total de votos: 65

Contato

Caled Garcês Twitter: @CaledGarces
Facebook: facebook.com/Caled.Garces

caled_garces@hotmail.com